Maria Lucília Marcos
____


Professora Associada com Agregação no Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade Nova de Lisboa.

Membro do Centro de Estudos de Comunicação e Linguagem – CECL –
desde 1990.

 


GRAUS ACADÉMICOS
____

Provas de Agregação em Ciências da Comunicação
(2007),
especialidade Teoria da Comunicação.

Doutoramento em Ciências da Comunicação (1999),
pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Dissertação: Sujeito e Comunicação. Perspectiva Tensional da Alteridade, orientada pelo Prof. Doutor Adriano Duarte Rodrigues.

Mestrado em Comunicação Social
(1992),
pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Dissertação: Lógica da Relação e Contornos do Sentido, orientada pelo Prof. Doutor Adriano Duarte Rodrigues.

Licenciatura em Filosofia
(1982),
pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto.



EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL
____


Professora no Departamento de Ciências da Comunicação da FCSH, UNL desde 1990, nas disciplinas de:
1º Ciclo - Teoria da Comunicação; Filosofias do sujeito
2º Ciclo - Alteridades; Questões Aprofundadas de Teoria da Comunicação
3º Ciclo - Cultura Contemporânea e Novas Tecnologias


Coordenadora do Programa Sócrates/Erasmus 1992 - 2010

Presidente do Departamento de Ciências da Comunicação, FCSH, UNL  2000 - 2002

Vice-Presidente do Departamento de Ciências da Comunicação, FCSH, UNL 2006 - 2008

Colaboração docente no Instituto Politécnico de Setúbal

 


ÁREAS DE INVESTIGAÇÃO
____


Ciências da Comunicação, Teoria da Comunicação
, Cultura Contemporânea, Filosofia e Ciências da Linguagem.

 


ÁREAS DE ORIENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS
____


Ciências da Comunicação
, Cultura Contemporânea e Filosofia

 


ORGANIZAÇÃO DE REUNIÕES CIENTÍFICAS

____

2009
: Presidente da Comissão Organizadora do Colóquio Internacional Emmanuel Levinas. Reconhecimento e Hospitalidade, no Institut Franco-Portugais.

Título da comunicação: Reconhecimento e Alteridade.

2001: Presidente da Comissão Executiva de Internacional Conference on Network Culture (ICNC 2001), organizado pelo Centro de Comunicação e Linguagens, na Fundação Calouste Gulbenkian. Coordenadora do painel Corpos (des)ligados,
Título da comunicação: Relação sem relação. Tensionalmente, singularmente.

2000: Organizadora com funções executivas das Conferências comemorativas dos 20 anos do Departamento de Ciências da Comunicação, promovidas pela Comissão Científica.
Título da comunicação: O outro e o possível.

 

PARTICIPAÇÕES

____

Docência nos Cursos de Mestrado em Comunicação na Universidade de Brasília e de Licenciatura em Comunicação na Universidade de São Paulo, Brasil, em 1995.

Participação no Dottorato di Ricerca in Semiotica e Psicologia della Comunicazione Simbolica, organizado pelo Dipartimento di Filologia e Critica della Letteratura, Università degli Studi di Siena, em colaboração com Associazione per lo studio del tema “Simbolo Conoscenza Società”, em 2002.

Investigadora do Centro de Estudos da Comunicação e Linguagem (CECL), desde 1990 e secretária da Assembleia Geral.

Membro do Secretariado da Revista de Comunicação e  Linguagens (RCL), editada pelo Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens (CECL), desde 1990 e membro do Conselho Científico desde 1999.

Membro da equipa do projecto de investigação Dicionário Fundamental de Ciências da Comunicação, do Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens, apoiado pela Fundação da Ciência e Tecnologia (entretanto, suspenso).

Investigadora do Projecto Tendências da Cultura das Redes em Portugal, do Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens, apoiado pela Fundação da Ciência e Tecnologia (período 2000 - 2006).

Co-coordenadora da Linha de Acção Ficcionalidade e Alteridade, na qualidade de investigadora do Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens (2003 - 2005).

Membro da Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação (SOPCOM), organismo que estabeleceu como principal objectivo congregar o conjunto da comunidade científica portuguesa que se dedica aos estudos da comunicação.

Membro da Associação Portuguesa de Filosofia Fenomenológica (AFFEN), organismo que tem como principal objectivo debater temas filosóficos no âmbito de uma perspectiva fenomenológica.

Em Setembro de 2002, Contrato de Prestação de Serviços com o Gabinete de Avaliação Educacional do Ministério da Educação (GAVE) para a função de Auditora dos Exames Nacionais de Comunicação e Difusão, contrato que viria a ser assinado em Maio de 2003 e que continuou em vigor até Julho de 2006.


No âmbito do Protocolo assinado entre a Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e a Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal, e no respeito pela legislação aplicável, colaboração com o Departamento de Comunicação Social desta Escola no respectivo curso de Licenciatura.



PARTICIPAÇÃO EM JÚRIS E DIRECÇÃO DE TESES


Orientações

____

Mediação retórica do aborto. A sublimidade de Antígona,
de Regina Marques

Um Jornal Regional durante o Estado Novo (1935-1974). O Jornal  “Cidade de Tomar”,
de Ana Felício

Os outros no corpo próprio. As representações da monstruosidade corporal nas artes ,
de Filipa Cerveira Pinto (2008)

O que comunica a arte?,
de Francisco Brito Palma (2008)

A cultura no jornalismo cultural,
de Dora Santos Silva (2008)

Os direitos humanos e a guerra,
de Inês Teixeira (2010)

Mapacorpo: geometria dos afectos,
de Amélia Bentes (2011)


O Reconhecimento de si no cyborg,
de Fátima Gomes Casanova (2011)


A presença como mídia do corpo na dança contemporânea,
de Mariana Barbosa Pimentel (2011)

O paradoxo da intimidade publicizada. A visibilidade contemporânea no site de rede social Facebook,
de Talita Garcez Guimarães (2012)

 

Integrações em Júris

____

Por nomeação da Comissão Científica do Departamento de Ciências da Comunicação, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, tenho integrado júris de teses de Mestrado e de Doutoramento, função que igualmente já exerci a convite da Universidade da Beira Interior e da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa:

De Nietzsche a Weber – hermenêutica de uma afinidade electiva,
de Rafael Gomes Filipe

Importância de Die Börse (A Bolsa) no contexto da sociologia económica de Max Weber  (Provas Complementares),
de Rafael Gomes Filipe

Comunicação e Formação da Identidade nas Sociedades Modernas – Intersubjectividade, Mediação e Processos de Reconhecimento,
de Gil Baptista Ferreira

Actos de Linguagem, Intenção Comunicativa e Formas de Vida – elementos para uma teoria da comunicação humana,
de Ana Mafalda Eiró Gomes

Sebastianismo e identidade portuguesa: aspectos interdisciplinares do mito sebastianista na História, no teatro e no cinema de Manoel de Oliveira,
de Maria de Jesus da Silva Rodrigues Mota

Mediação retórica do aborto. A sublimidade de Antígona,
de Regina Marques


O Processo Publicitário - estudo sobre a experiência pública

de Samuel André Alves Mateus

Um Jornal Regional durante o Estado Novo (1935-1974). O Jornal  “Cidade de Tomar”,
de Ana Felício

Os outros no corpo próprio. As representações da monstruosidade corporal nas artes ,
de Filipa Cerveira Pinto (2008)

O que comunica a arte?,
de Francisco Brito Palma (2008)

A cultura no jornalismo cultural,
de Dora Santos Silva (2008)

Os direitos humanos e a guerra,
de Inês Teixeira (2010)

Dimensões Pragmáticas da Notícia,
de Carla Santos (Universidade da Beira Interior)

Agostinho da Silva: Comunicação e Transmissão do Saber,
de Feliciano Pereira Pipa

Estética da Ecceidade,
de Luís Monteiro Lima

O corpo e o simulacro,
de Cláudia Marques Santos

A Ética como Des-inter-esse e Comunicação: Da Crise do Ser ao Direito do Ser: Des-inter-esse e Comunicação no pensamento de Emmanuel Lévinas,
de Rui Veiga Pereira (Universidade de Lisboa)

A Ética para lá da Compaixão. Leitura do pensamento de Emmanuel Lévinas,
de José L. S. Pérez (Universidade de Lisboa)

O Processo de tradução cultural no espaço público contemporâneo: o fenómeno hip-hop,
de Lúcia Vaz Gomes

Que pessoa na era da ciberligação: uma interpretação sfeziana,
de Maria da Graça Martins Tendeiro (Universidade de Lisboa)

O eterno retorno feminino,
de Verônica Daminelli Fernandes

Interfaces de comunicação para o ensino-arendizagem,
de António Carvalho Maneira, 2009

Identidade na esfera pública,
de Maria Paula Ejarque Albuquerque, 2009

Identidade e representação. Uma abordagem da Cultura Timorense,
de Vicente Paulino, 2009

A internet e o espaço público,
de João Durão da Silva, 2010

A última escolha: repensar a morte em vida,
de Margarida Abenta Roque (Universidade de Lisboa), 2010

Da pertinência da definição para o processo comunicacional,
de Francisco Garcês, 2010

O discurso legitimador sobre a arte e o paradigma da justificação: análise da “Crítica da faculdade de juízo estética” de Immanuel Kant,
de Lilian Rivera Garcia, 2011

Stock Photography:
Entre memória e esquecimento,
de Patrícia Delgado Martins de Matos Proença, 2012

 

 

____